SBQ pactua projeto piloto de DDT de queimados na Central de Regulação de Divinópolis

- 28/06/2024

Serão introduzidos protocolos de transferência em queimaduras que não existem no Brasil


Motivados pelo Curso Nacional de Normatização e Atendimento aos Queimados (CNNAQ) que está sendo oferecido aos profissionais do Samu de Divinópolis (MG), o representante Interinstitucional Nacional da SBQ, José Adorno, ao lado dos médicos Mário Fratinni e Maria Cristina Serra, coordenadores e instrutores do curso da capacitação, visitaram, na manhã desta sexta-feira (28), a estrutura instalada da CIS-URG Oeste de Minas Gerais. Na ocasião, foi pactuado com os gestores deste consórcio  desenvolver Projeto Piloto de DDT de queimados  na Central de Regulação de Divinópolis.

“Com isso, começamos a testar estratificação clínica e estratificação de nível de atenção necessário (porte I, II ou III). Ao lado de conhecer essa estrutura, a SBQ está capacitando plateia seleta de APH neste território (médicos e  enfermeiros) para diagnóstico correto de queimaduras. Pactuamos desenhar Projeto Piloto para testar numa região de cerca de 1.500.000 habitantes”, celebra Adorno.

Ele destaca que irão introduzir protocolos de transferências em queimaduras, que não existe ainda no Brasil e, a partir de Minas Gerais, levar o projeto para todo o país.

“Construímos a classificação clínica e estratificação de hospitais, em trabalho inovador com a participação de Dr Mário Fratinni, Dra. Kelly e Dr César Nietzsch para implantação e apresentamos a sugestão para a Secretaria de Saúde de Minas Gerais e, com isso, estabeleceram portes de hospitais com CTQ e está sendo construída a estrutura física com pactuação com hospitais do estado para ter centro de queimados de três níveis, construindo a rede de média complexidade. Mas quem operacionaliza transferências é a Regulação de Urgência e Emergência, que é demandada pela APH ( SAMU e Bombeiros)”, explica Adorno, completando que a APH deve se apropriar deste conhecimento para diagnosticar o queimado de acordo com o que ensinamos no CNNAQ.

 “Depois de classificado clinicamente, ele solicita vaga na Regulação; conhecendo a estratificação clínica e com rede de Centros de Queimados estruturada , ele direciona, conforme mapa de vagas no painel, qual o hospital está habilitado para receber o paciente”, detalha o médico.

 

CNNAQ - Durante dois dias, 160 profissionais divididos em duas turmas estão participando do CNNAQ, contratado pelo Consórcio CIS-URG, empresa responsável por atendimento pré-hospitalar de urgência e transferências (Samu).

"Esse treinamento é de extrema importância principalmente na na forma que a gente busca direcionar um paciente.  Buscamos direcioná-los de uma forma correta, enviando para um hospital mais adequado para melhor tratamento e continuidade nesse atendimento. Esse treinamento trás ricas informações que envolve qualidade em uma assistência sobre a vida de um paciente  queimado”, diz a coordenadora da Central de Regulação das Urgências, Thamara Lesse.

O curso é oferecido pela Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), coordenado pelo Dr Mário Fratinni e Maria Cristina Serra com a finalidade de ampliar o conhecimento e normas aos especialistas, médicos e equipe multidisciplinar que atendem pacientes com queimaduras, que não são especialistas mas participam da cadeia de decisão clínica e tratamento nas primeiras horas, e que assim , conhecendo protocolos internacionais neste atendimento melhoram o tempo de resposta após a ocorrência do acidente .

Divinópolis é a segunda cidade a receber o CNNAQ neste ano. Em abril, a capacitação foi oferecida a 54 profissionais de saúde de Porto Velho (RO). Está prevista uma edição durante o XIV Congresso Brasileiro de Queimaduras, em setembro deste ano, em Belo Horizonte. Porém, quem quiser solicitar o curso para sua cidade pode entrar em contato com a Sociedade Brasileira de Queimaduras e verificar a disponibilidade.

Outras Notícias

SIG Queimaduras de 17 de julho falará sobre protocolo de sepses no queimado

Peças publicitárias sobre prevenção de queimaduras criadas por alunos da UEL serão usadas pela SBQ

Programação preliminar do XIV Congresso Brasileiro de Queimaduras está disponível no site do evento

Cicatrizes de queimaduras será tema de palestra online nesta quarta-feira (3)

Camp Samba chega à sua 7ª edição nos dias 14 a 17 de julho

Campanha Junho Laranja encerra com engajamento que dá orgulho à SBQ

Atenção com crianças com alguma deficiência deve ser redobrada

Divinópolis (MG) recebe Curso Nacional de Normatização de Atendimento do Queimado (CNNAQ)

Queimadura em idosos exige cuidado redobrado

Cidades do Brasil incluem o Junho Laranja no calendário oficial de eventos

Campanha Poder da Gentileza da Mölnlycke preza por cuidados gentis no tratamento de feridas por queimaduras

No dia de São João, o alerta é para cuidado com fogueiras, fogos e líquidos quentes

Última semana de junho terá duas lives sobre inovações tecnológicas

Dois presidentes regionais da SBQ são eleitos conselheiros do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito)

Junho Laranja: crianças são as principais vítimas de queimaduras no Brasil

Escoteiros do Brasil aliam-se à SBQ em campanha de prevenção a queimaduras

CBQ 2024: Prorrogado prazo para submissão dos trabalhos

Parceria entre SBQ, Fepecs e Abracopel pretende monitorar dados de queimaduras no Brasil

Médico usou poema para fazer uma das primeiras campanhas de prevenção a queimaduras do Brasil